domingo, 9 de maio de 2010

Não tema

Não tema em demonstrar doçura a quem ache que deva demonstrar. Não tema em ser taxado de bobo entre pessoas que gostam de serem vistas e não sentidas. Não tema em ser mal entendido entre pessoas superficiais. Qualquer dia desses, essas pessoas lamentarão por não terem sido bobas, por não se permitirem provar o doce da ternura de possuir sentimentos nobres. Elas cansarão do mundinho frágil em que vivem e em um toque de sutileza, perceberão que a maior bobagem cometida é a bobagem de querer ser esperto apenas enganando a si mesmo.

Um comentário: