terça-feira, 20 de outubro de 2009

Não importa mais




Só quero ir embora
Deixar tudo adormecido
Sarar as feridas que parecem nunca deixarem de ficar profundas
Você não percebe que tentando não se importar, dói mais
Eu também vou fingir com você

Não há mais nada a se fazer
O tempo não é algo que se possa voltar atrás
Seus erros persistem em me acordar a noite
As lembranças se misturam com meus sonhos
As vezes os tornam pesadelos
Mas você tenta não se importar porque acha que eu não me importo com você
Eu também vou fingir com você

Mas do que adianta escrever versos que você continuará a não entender ?
Agora só quero ir embora
Agora só quero deixar tudo adormecido

E quem sabe possa deixar alguém sorrir por mim
Mesmo que continue sendo fingimento

Não importa mais
Simplesmente não importa

2 comentários:

  1. Olá, eu não falam Português, infelizmente, assim que este texto é uma tradução do Google, eu olhei para o seu blog e mais encontrá-lo muito bonito, você é muito talentoso.
    Como uma foto de amador demais, eu amo esta foto que expressa muita emoção.
    Parabéns.

    ResponderExcluir
  2. Muito obrigada Mario.
    Fico feliz em saber que agradei uma pessoa de tão longe com minhas simples palavras. Volte sempre!

    ResponderExcluir