sábado, 20 de junho de 2009

Planeta Terra chamando: 1,2...




Os recursos naturais no planeta ficam mais escassos a cada ano, levando as pessoas a terem uma maior preocupação com a vida, já que ela depende da existência desses recursos. Logo, é necessário encontrar alternativas de vida mais sustentáveis, difundindo estas idéias e conscientizando a população de que elas beneficiariam não apenas a si, mas também as gerações futuras. A sensibilização das pessoas é um fator importante para que o mundo alcance as mudanças necessárias para a comunidade de todas as espécies, e estas mudanças começam com atitudes cotidianas.
O mundo atualmente vem passando por uma série de crises, porém podemos observar que a pior e mais preocupante é a crise ambiental. A crise ambiental tem um caráter tão sério porque consiste na escassez dos recursos naturais e sem esses recursos nada podemos fazer. Para tentar diminuir os danos que nós mesmos causamos ao meio ambiente durante todos esses anos, buscamos métodos alternativos que preservem a natureza e diminua esses danos.
O sistema capitalista é um dos, se não for o maior, culpado pelo lixo que compramos e jogamos fora todos os dias. Esse sistema estimula o consumo em massa de produtos descartáveis e isso leva a geração cada vez maior de resíduos. Para minimizar os impactos gerados e tentar preservar os recursos ainda existentes é preciso mudar o estilo de vida da sociedade e buscar alternativas mais sustentáveis.
A sustentabilidade é um termo que está em “moda”, no entanto muitos não sabem da sua abrangência, usando-o apenas pelo simples fato de sensibilizar as pessoas diante da crise ambiental que afeta o planeta.
Pensar em uma alternativa para que possamos mudar o mundo é ao mesmo tempo uma tarefa fácil e difícil. Fácil por que podemos fazer o mínimo sem grandes esforços como varrer a calçada ao invés de lavá-la, controlar o uso de água em nossas casas, não comprar móveis nem madeiras que não tenham o selo FSC, entre outras pequenas atitudes que apesar de poucos fazerem já faz uma GRANDE diferença para o nosso planeta. Imagina se todos, ou ao menos a maioria das pessoas o fizessem?
E é difícil se lembrarmos dos outros grandes problemas que enfrentamos que ultrapassam os muros das nossas casas e nossa própria visão, como a péssima distribuição de água, a triste realidade de saneamento para uma parte imensa da população carente, o derretimento das geleiras, o sumiço de inúmeras espécies, o automóvel, entre outros. Enfim, é praticamente impossível colocar em um papel os problemas que enfrentamos, que apesar de a alguns anos estarem na mídia, a muito tempo começaram a surgir.
É claro, que TODOS os animais causam algum tipo de impacto na natureza, o problema é que nós, animais RACIONAIS, causamos muito além do que o necessário para ter uma boa qualidade de vida e conforto. Burrice? Com certeza, mas com uma dose de arrogância e mais outras pitadas de sem vergonhisse, achamos nós que somos donos desse planeta, sendo que somos praticamente recém-nascidos se comparados a outras espécies já existentes e por isso já usamos e abusamos demais dele. E então, o mundo vai acabar? Mais uma vez qual argumento de burrice utilizamos para fazer este tipo de pergunta boba? A resposta é NÃO, o mundo não irá acabar. Quem irá acabar é a espécie humana, como muitas já acabaram por questões naturais e outras que a gente ajudou a acabar bem rapidinho.
A questão é que não aceitamos a nossa eliminação assim, de maneira fácil, porque nós achamos que somos os melhores, ora bolas. E então, já que somos os melhores, precisamos agir e agir AGORA.

3 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Bonito ver pessoas preocupadas e comprometidas assim como vc.

    Essa pergunta foi a vencedora em um congresso sobre vida sustentável.

    "Todo mundo 'pensando' em deixar um planeta melhor para nossos filhos... Quando é que 'pensarão' em deixar filhos melhores para o nosso planeta?"

    Uma criança que aprende o respeito e a honra dentro de casa e recebe o exemplo vindo de seus pais, torna-se um adulto comprometido em todos os aspectos, inclusive em respeitar o planeta aonde vive... E é de criança que se aprende.
    ;D

    ResponderExcluir
  3. Gostei muito do post!
    Quanto ao "É claro, que TODOS os animais causam algum tipo de impacto na natureza, o problema é que nós, animais RACIONAIS, causamos muito além do que o necessário para ter uma boa qualidade de vida e conforto.", é impressionante como tudo na natureza age exatamente de acordo tudo sempre em perfeito equilíbrio, todas vez que eu parava pra pensar nisso eu me surpreendia e agora cada dia mais nas aulas de ecologia eu tenho mais certeza e eu fico MUITO IMPRESSIONADA, mas aí vem Homo Sapiens, que parece ser o de menor sapiência, e consegue interferir em todo esse ciclo de interação perfeita do planeta. Certa vez eu ouvi ou li em algum lugar que o ser humano pode ser equiparado a um vírus pois dentre os animais é o ÚNICO que acaba com a sua fonte-mãe de recursos assim como um vírus destrói a célula hospedeira e em alguns casos parte pra outra. A questão é que não dá pro ser humano simplesmente procurar outra Terra por aí e mesmo se fosse possível, iai? Chegaríamos todos nós 6 bilhões de pessoas e viveríamos até esgotar a outra Terra?
    Bom, mas o importante é que apesar de ter muita gente que simplesmente não se importa, há também os que se importam, se são minoria ou não não sei, mas eu sei que enquanto tiver gente que se importa e faça alguma coisa pra mudar a situação, mesmo que seja postando em um blog o que pensa, difundindo a idéia já é uma grande coisa e assim como diz o comercial do Team Earth se os humanos já se uniram antes tantas outras vezes e conseguiram coisas consideradas impossíveis por que não imaginar que é possível sim revertar todos esses problemas ambientais e finalmente ter um planeta em paz, não é mesmo?
    =D
    Gostei muito do post mesmo, você tem talento.
    ;*

    ResponderExcluir