terça-feira, 8 de agosto de 2017

Flutuo, pulverizo
retomo caminho
tomo um gole de coragem
fumaça de cores e paisagem
me projeto, revelo
repito: não nos faça de objeto!
crio narrativa antiga
olho meu vente
encontro umbigo e também barriga
fecundo gerações
choro quando sofro
iluminadas canções
não sei de nada
não sou de nada
experimentação inacabada


(Julho, 2017)

Nenhum comentário:

Postar um comentário